Archive for the ‘Besteiras’ Category

Hearing Like a Dog

15 julho 2009

Você descobre que exagerou na compra de um simples headfone para colocar no ouvido e escutar na rua quando, após pesquisar durante horas, procurar em todos os sites, encomendar de um cara de Blumenal, esperar 4 dias para receber e pagar uma grana, mesmo não sabendo diferenciar um mp3 de 92kbps de um de 312 ou um trompete de um trombone, quando, enfim, o vendedor, feliz da vida, te responde “obrigado pela compra! quando precisar de outros equipamentos de dj, estamos aí!”.

Dicas Para Ser Um Grande Cineasta – pt.2

7 julho 2009

Se seu nome for irlandês, austríaco, judeu, ou mesmo algo impossível de pronunciar, adote um apelido americano típico.

JohnNickSamSam

BillyJoe

Dicas Para Ser Um Grande Cineasta – pt.1

2 julho 2009

Use tapa-olho.

John Ford

Nicholas RayFritz LangRaoul WalshAndre de Toth

Grandes Beberrões da Humanidade – pt. 1

2 junho 2009

A Drinking Song

Wine comes in at the mouth
And love comes in at the eye;
That’s all we shall know for truth
Before we grow old and die.
I lift the glass to my mouth,
I look at you, and I sigh.

William Butler Yeats era um beberrão, de facto.

O Sabor da Melancia

23 maio 2009

A melancia pode ter um efeito semelhante ao Viagra, segundo um cientista da universidade de Texas A&M, nos Estados Unidos.

Bhimu Patil, diretor do Fruit and Vegetable Improvement Center (Centro de Aprimoramento de Frutas e Vegetais) da universidade, afirma que a melancia tem ingredientes que produzem efeitos nos vasos sangüíneos semelhantes aos do Viagra e podem também aumentar a libido.

“Quanto mais nós estudamos a melancia, mais nós percebemos o quanto essa fruta é maravilhosa em fornecer fortificantes ao corpo humano”, diz Patil em uma reportagem publicada no site de divulgação do Programa de Agricultura da Universidade, Agnews.
“Nós sempre soubemos que a melancia é boa para a saúde, mas a lista dos benefícios da fruta cresce a cada novo estudo.”

Há trinta anos, Joaquim Pedro já sabia das coisas…

Facebook desvendando minha vida…

14 maio 2009

Leonardo just took the “What people are you?” test and the result is…

BLACK%20POWERJEWISH NIGGA.

You may have a very very white Jewish skin, but inside you lies a Nigga. You cry with Barry White songs, dance with Stevie Wonder ones and think Rock’n Roll is for white queers. You prefer hip-hop to brit-pop, but don’t know how to rhyme. You like Spike Lee movies better than Woody Allen ones, but don’t understand them so well. You want to get in a gang, but are afraid of violence. You want to get a big tattoo on your back, but are afraid of needles. You want to sing on a gospel choir, but are afraid of churches. Your very intimate dream is to really know how to dance, and you try to achieve it shaking your arms endlessly out of rhythm.

A nova Microsoft

28 abril 2009

Notícia de hoje no Gmail:
“Gmail runs faster in Google Chrome”.

E a grande questão é: até quando vai durar meu querido Firefox?

Recado para o povo da Rua Maceió

21 janeiro 2009

Andei treinando, e estou de volta à velha forma.

Próxima vez que for a São Paulo, recupero o trono.

A solução para madrugadas insones

21 janeiro 2009

Aqui.

(E tem gente que ainda acredita nessa arte arcaica chamada literatura).

Resoluções de Ano-Novo

12 janeiro 2009

A primeira, e mais importante, foi feita em meados de novembro.

A partir do dia 01 de janeiro – na verdade, um pouco antes – eu iria correr na Lagoa todos os dias, fazer exercícios regularmente, e jogar futebol toda semana.

Mas eis que, no meio da primeira partida de futebol da primeira semana, começo a sentir as costas, me dói o pescoço e eu, disposto a mostrar a meu irmão mais novo que ainda sou o craque de outrora (outrora: época que as cervejas eram contadas em unidades, o rosto não tinha barba, a cabeça tinha cabelo e na barriga se contavam os quadradinhos), fiquei, bravamente, até o final.

Resultado: um torcicolo que não passa e a certeza que voltas na Lagoa não são resolvidas com simples resoluções.

A segunda, e razoavelmente importante, surgiu já com a dor no pescoço.

Se, em minha vida de cineasta frustrado e crítico inativo o futebol já não tem vez, era hora de me voltar novamente aos livros, que cansam o intelecto mas pelo menos poupam as costas.

Eis que, um mês depois, acabo Os Maias, dívida antiga de escola que pairava incriminadora em minha prateleira.

Feliz com a obra-prima finalmente lida, animado com as perspectivas do ano que se inicia, e cheio de tempo com o desemprego que parece se estender…chego finalmente à minha terceira, e inútil, resolução:

Aos que acompanharam até aqui a leitura, eis que o Blog do Nada novamente está de volta, para minha imensa felicidade!

(Pois sei que aos outros isso interessa realmente muito pouco, ou quase nada).

Não prometo posts diários, não prometo tentativas de literatura ou críticas banais, não prometo observações corriqueiras do cotidiano ou piadas auto-depreciativas, não prometo trechos de literatura, vídeos do youtube, músicas nem mesmo loas ao wordpress.

Pra falar a verdade, não prometo nada.

Mas o Blog do Nada, que é feito disso, está de volta, novo e reluzente, sem costas machucadas nem pescoços torcidos!

E disposto, como sempre, a durar…